Parcelas flexíveis no crédito empresarial ajudam empreendedora na crise

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

17/11/2020
Elen Almeida de Souza

Ter o próprio negócio é algo que proporciona altos e baixos a qualquer empreendedor. Essa é a percepção de Elen Almeida Souza, 48 anos, dona de um salão de cabeleireiro na cidade de São Paulo há mais de 15 anos.

Com a necessidade de isolamento social imposta pelo novo coronavírus, Elen precisou fechar as portas de seu salão de cabeleireiro por dois meses. Foram 60 dias sem receita – algo difícil de se imaginar em outros tempos, mas uma situação que muitos empreendedores enfrentaram – e ainda enfrentam – em 2020.

Elen tinha contratado, antes da pandemia, uma linha de crédito empresarial para dar um fôlego ao capital de giro de sua empresa. Para sorte dela, foi com o Tomático, que oferece parcelas flexíveis. Você sabe como isso funciona?

As parcelas flexíveis do crédito do Tomático não têm um valor fixo. Elas são determinadas em contrato e correspondem a uma porcentagem do faturamento que a empresa recebe via maquininha de cartão de crédito. Dessa forma, quando o empreendedor vende mais e fatura mais, a parcela sobe, e quando ele fatura menos, a parcela diminui automaticamente.

“O salão ficou dois meses fechado e entrava pouca coisa, somente venda de alguns produtos. As parcelas foram condizentes com a minha realidade. Se eu tivesse pegado linha de crédito em outro lugar, teria acumulado três ou quatro parcelas. Seria uma bola de neve”, comenta Elen.

Para que esse ajuste automático da parcela aconteça, o empreendedor que contrata crédito com o Tomático precisa conectar suas maquininhas de cartão à plataforma da adquirente. Isso permite aos robôs do Tomático avaliarem o fluxo de caixa da empresa nos últimos seis meses e, dessa forma, oferecer um limite de crédito compatível com a realidade do empreendedor.

Contratar crédito empresarial digital é uma vantagem

Além da vantagem da parcela flexível, Elen comenta a facilidade de contratar crédito com o Tomático. “Achei muito prático ser totalmente digital porque já sou adepta do digital. Já faço tudo pelo internet banking. Posso pagar conta até à noite”, diz.

No Tomático, o cliente faz a simulação do crédito, solicita a proposta, envia os documentos e assina o contrato pela internet. “A parte burocrática foi tranquila. Em duas semanas, desde que entrei em contato e mandei os documentos, o dinheiro entrou na conta”, afirma a empreendedora.

Elen Almeida de Souza