Entenda o que significa empréstimo para capital de giro

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

27/07/2020
empréstimo para capital de giro

Tem horas que a situação aperta, não é? Em alguns momentos, o caixa da empresa fica deficitário ou com pouco dinheiro, e isso pode ser um risco para o negócio. É aí que entra o empréstimo para capital de giro.

Imagine que você comprou produtos do seu fornecedor. Você pagou por eles, recebeu a mercadoria e abasteceu o seu estoque. Aí, o cliente se interessou por esse produto e o comprou. O pagamento feito pelo consumidor pode ter sido à vista ou a prazo, e então o dinheiro entra novamente no caixa da sua empresa. Esse é um ciclo bem básico de compra e venda para qualquer empreendedor, certo?

Desde que o dinheiro saiu do caixa da empresa (para a compra de mercadorias) até ele entrar novamente (com a venda para o consumidor final), existe um intervalo de tempo em que a empresa fica sem recursos financeiros e ainda assim precisa pagar uma série de contas. A quantidade de dinheiro que supre essa necessidade financeira da empresa, esse intervalo entre pagar fornecedor e receber dos clientes, é o capital de giro. Toda empresa tem, portanto, necessidade de capital de giro – é algo que precisa estar no planejamento financeiro de qualquer negócio. Um empreendedor só vai ter uma noção real do capital de giro para sua empresa se tiver um ótimo controle financeiro.

Ainda assim, tem horas que, como está escrito no começo deste texto, a situação aperta. Sabendo disso, existem no mercado diversas linhas de crédito para capital de giro que ajudam o empreendedor a ter fôlego em momentos difíceis.

Empréstimo para capital de giro garante fôlego para as empresas

Sobram opções no mercado para quem quer uma linha de crédito empresarial para capital de giro. Trata-se de um crédito para CNPJ parcelado que ajuda o empreendedor a organizar as contas do negócio ou, até mesmo, aproveitar alguma oportunidade que tenha surgido.

Em bancos tradicionais, normalmente é solicitada alguma garantia em troca desse crédito empresarial. Essa garantia pode ser uma aplicação financeira que o empreendedor ou a empresa tenha ou os recebíveis do cartão, para citar dois exemplos.

Mas também já existem no mercado financeiras que oferecem crédito sem burocracia. Nesses casos, é possível simular crédito para a empresa online, solicitar o financiamento e assinar o contrato digitalmente – tudo sem sair de casa. É o que se chama de crédito digital. Normalmente, nessas empresas de crédito, a burocracia é bem menor, quase inexistente, e, dependendo do modelo de negócio da financeira, não há sequer exigência de garantias para o empreendedor.

Faça sua pesquisa e conheça as opções do mercado. O crédito para capital de giro para empresas pode ser uma saída para equilibrar o fluxo de caixa do seu negócio.